Correios, Uber e o impacto da frase do ministro Luiz Marinho nas redes

A fala de uma autoridade do Governo tem capacidade de gerar debates antes pouco prováveis, como por exemplo a criação de um serviço similar ao Uber por parte dos Correios. 

Essa foi uma possibilidade levantada pelo ministro do Trabalho, Luiz Marinho, ao ser questionado em entrevista ao Valor Econômico se havia preocupação com a possível saída da Uber do Brasil. 

“Posso chamar os Correios, que é uma empresa de logística, e dizer para criar um aplicativo e substituir. Aplicativo se tem aos montes no mercado.”

Luiz Marinho, ministro do Trabalho

Memes e críticas prevalecem

A fala do ministro virou meme e gerou munição para oposicionistas criticarem o Governo Lula. A Vox Radar analisou as 10 postagem com mais engajamento ao citar os Correios no período de análise.Nove delas eram críticas ou irônicas, direcionando a declaração como um equívoco do Governo Lula. No entanto, houve uma exceção com grande engajamento. Um usuário fez um paralelo com o Pix, frisando que o sistema também era alvo de piadas antes de ser colocado em prática. 

Abaixo mostramos as duas postagens que geraram maior repercussão no Twitter, começando pelo deputado federal Nikolas Ferreira (PL/MG). 

Impacto na rede

Entre a segunda-feira (06/02) e a terça-feira (07/02), a Vox Radar contabilizou cerca de 100 mil conteúdos (entre postagens originais e compartilhamentos) publicados no Twitter mencionando o termo ‘Uber’. Já ‘Correios’ constou em 43,2 mil conteúdos, com pico de menções na rede na segunda, com pouco mais de 5 mil publicações compartilhadas 31 mil vezes.

‘Uber’ foi o termo mais associado aos Correios nas publicações. Outras palavras presentes na fala do ministro tamabém figuraram com algum destaque, como ‘substituir’, ‘app’, ‘serviço’ e ‘entrega’.

A Uber vai ser substituída pelos Correios?

No Google, ocorreu pico de pesquisas sobre o tema, algo natural diante da inédita associação entre as empresas. A maior marca foi atingida às 21h da segunda-feira (06/02), mas o crescimento iniciou às 13h, no começo da repercussão da declaração de Luiz Marinho. 

Outras perguntas associadas à fala do ministro também ganharam força. “A Uber vai sair do Brasil?”, por exemplo, atingiu o seu pico na terça-feira (07/02).

Voltando ao Twitter, verificamos que a maioria das postagens foram feitas por pessoas localizadas em capitais do Sudeste e Sul do Brasil, além de Brasília. A ampla maioria delas foi publicada por perfis que se identificam com o gênero masculino.

E Luiz Marinho?

O ministro também teve um pico de menções ao seu nome no Twitter e, claro, ‘Correios’ e ‘Uber’ foram as palavras mais presentes no debate.

Vale frisar que está não é a primeira declaração do ministro que causa impacto na rede. Em 4 de janeiro, ele disse que o governo poderia acabar com o saque-aniversário do FGTS e também virou assunto. 

Categorias:

Outros Posts:

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

VOX RADAR

Na Mídia

A Vox Radar contabilizou centenas de milhares de conteúdos sobre o BBB 24 e destacou os 10 participantes mais mencionados na estreia do programa. ...
Análise da Vox mostra que a medida, que gerou questionamentos e críticas teve entre os subtemas mais abordados, a chance de aumento dos impostos. ...
O falecimento do Rei do Futebol "parou" o Twitter, monopolizando conteúdos na rede. Homenagens foram maioria entre as postagens. ...

DEMONSTRAÇÃO

Preencha o formulário

e descubra tudo o que podemos fazer para sua agência decolar!