Situação dos Yanomami gera mais de 9 milhões de interações no Twitter, com Bolsonaro em evidência

O cenário crítico dos indígenas Yanomami, em Roraima, gerou uma onda de comoção e revolta no Twitter, ao longo do final de semana. Entre os dias 20 de janeiro e 1º de fevereiro de 2023, foram geradas 9,3 milhões de interações na rede. O debate envolveu pouco mais de 1,4 milhão de conteúdos, entre postagens originais e compartilhamentos, com pico de publicações na noite do domingo (29/01) durante exibição dereportagem do Fantástico.

A situação dos indígenas impactou diretamente o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A análise do software da Vox Radar mostra que o seu nome foi o termo mais associado aos Yanomami no Twitter, presente em 463,5 mil conteúdos e gerando 2,2 milhões de interações. O termo ‘genocídio’ também associado ao antigo governo, foi utilizado em 314,3 mil conteúdos, sendo o segundo mais presente no debate, com engajamento total de 1,7 milhão de interações.

A análise realizada por meio do software da Vox Radar mostra que entre os posts que citaram o ex-presidente junto ao termo Yanomami, 73% foram negativos a Bolsonaro, 20% neutros e somente 7% positivos. 

A grande maioria das postagens que mencionam Bolsonaro e os Yanomami são negativas ao ex-presidente

A publicação de maior engajamento sobre a situação menciona Bolsonaro e afirma que a gestão do ex-presidente ignorou 21 pedidos formais de ajuda dos indígenas.

Já a postagem de maior impacto que usou o termo ‘genocídio’ resgatou um vídeo de 2019, quando lideranças Yanomami avisaram ao Congresso e ao então Governo Bolsonaro sobre a situação. 

Outro personagem exposto pela situação foi a senadora eleita e ex-ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves (Republicanos). Ela foi ligada ao termo ‘Yanomami’ em 121,3 mil conteúdos, com 633,1 mil interações geradas. Do total de postagens, 60% foram negativas à ex-ministra, 26% neutras e 14% positivas. As principais postagens cobram responsabilização de Damares pela situação dos indígenas, como a feita pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede).  


Crianças Yanomami impactam o Twitter

Além das acusações à Gestão Bolsonaro, as imagens de crianças Yanomami desnutridas concentraram o impacto no Twitter. O termo ‘crianças’ esteve entre mais presentes em postagens sobre o tema, gerando 241,8 mil conteúdos e 1,6 milhão de interações na rede. As palavras mais presentes nas publicações que mencionavam as crianças Yanomami foram ‘Bolsonaro’, ‘desnutrição’ e ‘fome’.

Categorias:

Outros Posts:

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

VOX RADAR

Na Mídia

A Vox Radar contabilizou centenas de milhares de conteúdos sobre o BBB 24 e destacou os 10 participantes mais mencionados na estreia do programa. ...
Análise da Vox mostra que a medida, que gerou questionamentos e críticas teve entre os subtemas mais abordados, a chance de aumento dos impostos. ...
O falecimento do Rei do Futebol "parou" o Twitter, monopolizando conteúdos na rede. Homenagens foram maioria entre as postagens. ...

DEMONSTRAÇÃO

Preencha o formulário

e descubra tudo o que podemos fazer para sua agência decolar!